Alagoas e mais 2 apresentam maior crescimento no Ideb 2017, no Ensino Fundamental

Alagoas, Ceará e Piauí apresentaram os maiores crescimentos, em 2017, no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb 2017). As informações são do Ministério…

Alagoas, Ceará e Piauí apresentaram os maiores crescimentos, em 2017, no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb 2017). As informações são do Ministério da Educação.

Tinha nota 4,7 em 2015 e subiu para 5,2, em 2017. Estava em 26ª colocação; ocupa a 20ª.

Este resultado se refere aos anos iniciais do Ensino Fundamental.

Oito estados alcançaram um Ideb maior ou igual a 6,0, segundo o MEC: Minas Gerais, São Paulo, Espírito Santo, Ceará, Paraná, Santa Catarina, Goiás e Distrito Federal.

São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Minas Gerais detêm os maiores Idebs do país nos anos iniciais do ensino fundamental.

Nos anos finais do ensino fundamental, Alagoas e mais 6 estados aumentaram a meta proposta do Ideb para 2017: Rondônia, Amazonas, Ceará, Pernambuco, Mato Grosso e Goiás.

O registro negativo foi a queda do Ideb nos anos finais do ensino fundamental no estado de Minas Gerais.

Os progressos mais expressivos foram alcançados por Amazonas, Ceará e Mato Grosso. No outro extremo, com pouca evolução no Ideb, Amapá, Roraima e Rio Grande do Sul. Goiás, Santa Catarina, São Paulo e Ceará têm os melhores desempenhos nos anos finais do ensino fundamental.

Com informações do Ministério da Educação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *