Graciliano: Moradores não aceitam mudanças nos ônibus feitas pela SMTT

Moradores do conjunto Graciliano Ramos, na parte alta de Maceió, reclamam que a mudança do itinerário dos ônibus que cobrem o local aumenta o…

Moradores do conjunto Graciliano Ramos, na parte alta de Maceió, reclamam que a mudança do itinerário dos ônibus que cobrem o local aumenta o percurso das linhas porque uma das linhas, Village-Centro, deixou de existir.

Eles dizem que a decisão foi da SMTT com lideranças do Graciliano, sem consultar a população.

Como foi? Relato de um dos moradores.

São 3 linhas no conjunto 053 Centro Farol, 110 Trapiche e o 707 Ponta Verde.

Em um acordo entre a SMTT e algumas lideranças do bairro (sem consulta a população ) mudaram o itinerário de todas .

Antes saíam todas do terminal do nosso conjunto a seus destinos.

Com a mudança o Centro e Trapiche sai daqui mas faz Village I e II Acauã volta ao Graciliano e só então segue para o Centro (sendo que o Village perdeu a linha do Centro).

No caso do Ponta Verde, sai do Village 2 faz o Village 1 e o Acauã vem para o Graciliano e só então segue destino.

Em tempo isso chega depender do dia 35 a 40 minutos a mais.

Sem falar que quando sai daqui do conjunto já sai com mais de 80 passageiros nos ônibus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *