RJ: Governador censura exposição sobre ditadura militar que falava de Bolsonaro

O governador do Rio, Wilson Witzel (PSC) censurou a exposição sobre a ditadura militar onde o coletivo de artistas És Uma Maluca fazia uma…

O governador do Rio, Wilson Witzel (PSC) censurou a exposição sobre a ditadura militar onde o coletivo de artistas És Uma Maluca fazia uma exposição com alusões ao presidente Jair Bolsonaro.

A exposição Literatura Exposta, encerrada neste domingo por decisão do governador, estava sendo patrulhada antes do fechamento, segundo a Folha de São Paulo.

 

A obra A Voz do Ralo é a Voz de Deus tinha baratas de plástico espalhadas ao redor de um bueiro, com a voz de Bolsonaro saindo do buraco. A referência ao presidente foi vetada. No lugar, os artistas puseram uma receita de bolo- estratégia usada pelos jornais durante os tempos da repressão na ditadura, quando os generais proibiam a publicação de matérias que desagradassem o Governo.

As informações são da Folha de São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *