Liberado crime eleitoral pró-Bolsonaro no interior de Alagoas

De fato, jornais do mundo inteiro tem razão: a democracia brasileira está em risco. E quando se permite o que é proibido, o caso tende a piorar

Sem estrutura para fiscalizar o andamento das eleições presidenciais neste segundo turno, o TRE e o Ministério Público Eleitoral perderam a batalha no combate aos crimes nesta área.

Um deles era bem explícito na última quarta-feira. Este blogueiro flagrou um mini-trio elétrico desfilando músicas com o nome de Jair Bolsonaro. E o nome não era apenas repetido mas também acompanhado de ameaça aos inimigos das lides bolsonaristas.

O flagra foi em Matriz de Camaragibe.

De fato, jornais do mundo inteiro tem razão: a democracia brasileira está em risco. E quando se permite o que é proibido, o caso tende a piorar.

Em tempo: o mini-trio passou bem próximo à sede do Ministério Público Estadual na cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *