Galeria Fernando Lopes inaugura exposição coletiva de arte urbana “da margem para dentro”

Nesta quinta-feira, dia 13 de setembro, às 19h, estreia na Galeria Fernando Lopes CESMAC a exposição coletiva de arte urbana, trazendo obras de sete…


Nesta quinta-feira, dia 13 de setembro, às 19h, estreia na Galeria Fernando Lopes CESMAC a exposição coletiva de arte urbana, trazendo obras de sete artistas do cenário nacional e alagoano. Com curadoria da Profª Carol Gusmão, a exposição busca compreender o grafite como marca estética, política e simbólica de expressão cultural e também de crítica popular à ordem imposta pela sociedade e pelo Estado, sendo assim considerado também enquanto apropriação criativa de territórios considerados alternativos na busca pela sobrevivência simbólica de certas parcelas da sociedade.

Desta forma, o grafite será considerado como um texto a ser lido, interpretado e debatido no espaço da galeria, procurando um movimento inverso à sua historicidade: da margem para dentro.

Para Prof. Carolina Gusmão “A partir desta inversão, procuraremos contextualizar esta arte enquanto expressão correlata ao processo de (re)territorialização simbólica dos espaços da cidade, bem como seu inerente processo de institucionalização estética”

Carolina Gusmão destaca ainda que “a arte urbana, em especial a pintura do tipo Grafite ela sempre foi vista como algo marginal, algo periférico e após alguns nomes surgirem no cenário internacional, percebemos a presença dessa cultura que antes era marginal, dentro dos museus e galerias de arte, atraindo o olhar de colecionadores”

A mostra apresentará obras dos artistas Daniel Baboo, Joe Santos, Levy Paz, Mun Ganga, Sagaz, Suel e Yara Barbosa (Pão).

Na abertura haverá um Pocket Show com o cantor alagoano Wado.

Fonte: Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *