Salário: Militares rejeitam proposta do Governo; Renan Filho fala em limite na LRF

Os militares rejeitaram a proposta de reajuste de 10% nos salários, oferecida pelo Governo, e voltaram a cobrar 29% de incremento nos vencimentos. A…

Os militares rejeitaram a proposta de reajuste de 10% nos salários, oferecida pelo Governo, e voltaram a cobrar 29% de incremento nos vencimentos.

A decisão saiu na tarde desta 4a. Eles fazem caminhada em direção à Assembleia Legislativa.

Antes da reunião, o governador Renan Filho (MDB) disse que não havia mais limite na Lei de Responsabilidade Fiscal para o reajuste.

Após a decisão dos militares, a Secretaria de Planejamento emitiu nota.

Veja:

Nota do governo

O Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), tem procurado resolver todos os pleitos das associações militares alagoanas, respeitando as possibilidades financeiras do Estado.

Além de lamentar a decisão de rejeição da proposta feita pelo Estado e de esclarecer que a Mesa de Negociação continua sendo o canal de diálogo com os servidores públicos estaduais, a Seplag reforça que o Governo continua aberto para receber e conversar com todas envolvidas nesta situação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *