Rui Palmeira candidato em 2018? Ano termina e mistério continua

O prefeito de Maceió cumpre a promessa e joga para o próximo ano a decisão de disputar- ou não- o Governo. Se disser “não’,…

O prefeito de Maceió cumpre a promessa e joga para o próximo ano a decisão de disputar- ou não- o Governo.

Se disser “não’, não surpreende. Porém, Rui- apesar de um ano ruim- acumula algumas vitórias:

  • Assumiu o comando estadual do PSDB. E pode sustentar candidaturas ao Senado para além de Teotonio Vilela Filho. Rodrigo Cunha pode ser a bola da vez (apesar do projeto ser para deputado federal). Terá de apoiar Pedro Vilela, herdeiro da Usina Seresta.
  • Falando nisso, conseguiu entregar R$ 4,6 milhões aos usineiros, num longo contrato de aluguel da sede da Cooperativa Regional dos Produtores de Açúcar e Álcool de Alagoas, em Jaraguá, para onde transferiu a sede administrativa da Prefeitura. A partir daí, fez um plano para atrair moradores e comerciantes ao bairro histórico. Vai funcionar? 2018 vem aí com as respostas.
  • O Maceió Verão voltou ao calendário da Prefeitura, embora descaracterizado.

É bem verdade que o prefeito não enfrenta- ele mesmo- a questão dos camelôs; ajudou a transformar a SMTT num puxadinho das empresas de ônibus; o Maceió de Frente Pra Lagoa sairá do papel no dia 31 de fevereiro.

Com os cofres da Prefeitura ainda atrelados ao Governo Federal (Michel Temer), deve ser um milagre encerrar 2017 assando e comendo. E tendo o quê comer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *