Renan Calheiros diz ter rompido com Temer por causa da Ceal

O jornal Valor Econômico acompanhou a agenda do senador Renan Calheiros (PMDB) em Alagoas, rodando os interiores. Dele, o repórter Vandson Lima ouviu o…

O jornal Valor Econômico acompanhou a agenda do senador Renan Calheiros (PMDB) em Alagoas, rodando os interiores. Dele, o repórter Vandson Lima ouviu o motivo, segundo Renan, para o rompimento dele com o presidente Michel Temer: negar a quitação da dívida da União com a Ceal, a ex-estatal de energia alagoana, hoje federalizada e prestes a ser vendida pela era Temer.

Pelos cálculos do Governo Renan Filho (PMDB), a dívida beira R$ 6 bilhões. O Governo não quer a Ceal de volta, mas o cumprimento de um acordo do passado.

Assim: Pelo contrato assinado na época, o Governo Federal anteciparia um recurso para pagar folhas de pagamento em atraso aos servidores públicos. Divaldo Suruagy era o governador.

A folha, argumenta o Governo local, foi paga.

E assumiu-se o compromisso da União em vender a Ceal um ano depois.

E repassar o recurso para os cofres alagoanos.

Quase vinte anos se passaram. E isso não aconteceu.

Rolando os juros e os tantos anos que se passaram, a dívida está em bilhões.

2 thoughts on “Renan Calheiros diz ter rompido com Temer por causa da Ceal

Deixe uma resposta