Quais deputados de Alagoas vão arriscar votar a favor da Previdência de Temer?

Enquanto o Palácio do Planalto busca o PSDB para compor os votos para a polêmica reforma da Previdência, perguntar-se quais deputados de Alagoas arriscarão…

Enquanto o Palácio do Planalto busca o PSDB para compor os votos para a polêmica reforma da Previdência, perguntar-se quais deputados de Alagoas arriscarão o próprio capital político em torno de uma matéria polêmica, com informações desencontradas e muitas promessas de potes de ouro, do outro lado do arco-íris.

Em 23 de outubro, a CPI da Previdência concluiu: ela não é deficitária. E os juros da dívida pública devoram as contas do Governo.

Idade mínima e tempo de contribuição estão na mesa das negociações. Alagoas não é São Paulo. Somos o terceiro mais pobre, com expectativa de vida beirando os 65 anos. Essa expectativa de vida diminui nas regiões canavieiras, onde os trabalhadores, submetidos a um regime de esbagaçamento físico e psicológico, dificilmente chegam a esta idade. E quando chegam, são cacos humanos.

Quais deputados de Alagoas vão às urnas em 2018, sabendo que um trabalhador alagoano mais pobre, cercado por um serviço público ruim, mal conseguirá alcançar a aposentadoria. Ou chegar aos 140 anos, como quer nosso presidente?

Ou existe excesso de confiança e retribuição “chinchera” do eleitor ou nossos deputados são suicidas. O quê prevalece?

Deixe uma resposta