MP: Até Luiz Dantas foi beneficiado por esquema ‘Fernando Toledo’ na Assembleia

Há 2 dias, quando a Assembleia Legislativa foi alvo de mais uma operação da Polícia Federal, a Malacafa, que procura os laranjas da Casa, Luiz Dantas fez circular uma nota dizendo que sua conduta à frente da Assembleia é “correta”

O esquema para desviar R$ 3,9 milhões de um contrato entre a Caixa Econômica Federal e a Assembleia Legislativa- envolvendo comissionados e o depósito do dinheiro nas contas deles, sacado para os deputados estaduais- envolve até o atual presidente da Assembleia, Luiz Dantas (MDB), que levou R$ 100 mil. Ele está na lista dos 17 parlamentares beneficiados com a “farra”- adjetivo usado pelo Ministério Público, detalhando o esquema.

Há 2 dias, quando a Assembleia Legislativa foi alvo de mais uma operação da Polícia Federal, a Malacafa, que procura os laranjas da Casa, Luiz Dantas fez circular uma nota dizendo que sua conduta à frente da Assembleia é “correta”.

Na lista que está na ação de improbidade administrativa, assinada pelo MP e aceita pela Justiça no dia 9 de abril, Fernando Toledo- hoje conselheiro do Tribunal de Contas- e Marcelo Victor- na época, 2º secretário da Mesa Diretora da Assembleia, encabeçam a lista dos que ganharam mais dinheiro com a divisão da bolada do contrato entre a Caixa e o legislativo estadual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *