Maceió: CCJ na Câmara aprova dia do Direito à Verdade (contra violações aos Direitos Humanos)

A iniciativa é da vereadora Tereza Nelma (PSDB), que propôs a criação do dia para lembrar graves violações aos direitos humanos- como os crimes na…

A iniciativa é da vereadora Tereza Nelma (PSDB), que propôs a criação do dia para lembrar graves violações aos direitos humanos- como os crimes na ditadura, os desaparecidos que são encontrados mortos, o extermínio da juventude, o feminicídio…

A data foi aprovada pelo Senado Federal, em dezembro do ano passado. A data é 24 de março, dia (em 1980) que o monsenhor Óscar Arnulfo Romero Galdámez foi assassinado em El Salvador.

Ainda falta o plenário da Câmara de Maceió aprovar a iniciativa para virar ela virar lei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *