Empresas de ônibus devem R$ 21 milhões e SMTT não cobra

A irregularidade foi detectada pelo Ministério Público de Contas. As empresas que operam os ônibus que circulam em Maceió devem, juntas, R$ 21 milhões…

A irregularidade foi detectada pelo Ministério Público de Contas.

As empresas que operam os ônibus que circulam em Maceió devem, juntas, R$ 21 milhões “referentes aos 80% do valor de outorga que deveriam ter começado a pagar em janeiro, dois anos após a assinatura dos contratos que somam a invejável cifra de R$ 3,4 bilhões”, diz Vera Alves.

Este valor, segundo o contrato assinado em dezembro de 2015, deveria ser revertido para melhorias do transporte de passageiros na capital.

E deveria ser cobrado pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), que, estranhamente, vem sendo pautada pelas exigências das empresas de ônibus, como a caça aos transportes clandestinos.

Por que a dívida não é cobrada? Resposta com o superintendente, Antônio Moura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *