Diáspora bornista tem data para acontecer: será em setembro; JHC e Bolsonaro apressam saída

A ex-prefeita de Maceió, Kátia Born- ainda presidente estadual do PSB- marcou data para desembarcar do partido: será no próximo mês. 32 pessoas acompanham…

A ex-prefeita de Maceió, Kátia Born- ainda presidente estadual do PSB- marcou data para desembarcar do partido: será no próximo mês. 32 pessoas acompanham Born.

A diáspora bornista pode ter, como alvo, o PDT, do deputado federal Ronaldo Lessa. Ambos são aliados desde a juventude. Lessa foi filiado ao PDT.

Principal motivo da saída dela do PSB é a “falta de confiança” entre aliados dela e a direção nacional do partido. Born e deputado federal JHC disputam o comando da legenda no Estado. O PSB nacional está do lado do parlamentar alagoano.

Mas, segundo Kátia Born, a posição dos socialistas locais não agrada a muitos filiados.

JHC, segundo ela, filiou o pai, o ex-deputado federal João Caldas, no PSB, via diretório municipal de União dos Palmares, onde JC tem capilaridade eleitoral.

“E o João Caldas está fazendo campanha para o Bolsonaro”, disse a ex-prefeita, hoje secretária municipal de Saúde, em Palmeira dos Índios.

Jair Bolsonaro deve vir a Alagoas, trazido por JC.

Deixe uma resposta