AL: Ex-vereador assume no lugar de deputado cassado pelo TSE

Decisão do ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Napoleão Nunes Maia Filho, cassa o mandato do deputado estadual João Luiz (PSC) por abuso de…

Decisão do ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Napoleão Nunes Maia Filho, cassa o mandato do deputado estadual João Luiz (PSC) por abuso de poder religioso.

João Luiz, pela decisão, fica inelegível até 2022. Em seu lugar assume, imediatamente, o ex-vereador de Maceió, Chico Holanda, suplente de João Luiz. Chico é tio do deputado estadual Dudu Holanda e irmão do vereador de Maceió, Antônio Holanda (PMDB). O filho de Chico, Chico Filho, é vereador em Maceió.

O ministro do TSE segue entendimento do Ministério Público Eleitoral alagoano que recomendou, ao TRE, a cassação do parlamentar.

O TRE aceitou os argumentos do MP eleitoral, em decisão do mês de julho do ano passado. Ele foi acusado de abuso dos meios de comunicação mais poder econômico, usando cultos da Igreja do Evangelho Quadrangular para se promover politicamente.

Ele é pastor da Igreja.

João Luiz avisou, via assessoria, que vai recorrer da decisão.

Deixe uma resposta