Recado para quem odeia Lula em nome de Deus

Ao acompanhar a coletiva do ex-presidente Lula, na rede social facebook, foi possível visualizar, entre as inúmeras expressões de aprovação, algumas ferozes expressões de…

Ao acompanhar a coletiva do ex-presidente Lula, na rede social facebook, foi possível visualizar, entre as inúmeras expressões de aprovação, algumas ferozes expressões de raiva. Até aí, tudo corriqueiro no Brasil do golpe. No entanto, o que me faz despender linhas com esta análise é o teor de fundamentalismo religioso ali expresso.

Chamar Lula de “demônio”, “satanás”, e outras sibilantes palavras abusadas pelos que se consideram salvos agarrados em uma fé violenta e agressiva chama cada cristão brasileiro a rever seus conceitos de religiosidade.

Você que é evangélico e não enxerga a situação social do Brasil porque está com o olho focado em Lula e no PT, é um alienado perigoso para os destinos da coletividade, e precisa ser mais responsável em suas manifestações.

Mas se você é espírita e se recusa a entender um pouco que seja sobre políticas públicas, direitos trabalhistas, ações afirmativas e outras coisas que fazem parte do universo político partidário e ideológico, também precisa assumir suas responsabilidades de crescimento histórico, e medir suas expressões de apoio a grupos elitizados.

Sendo você de qualquer linha de religiosidade, se não estudou o suficiente para entender sequer o que foi ditadura militar no seu país, nem distingue direita e esquerda, deve conter seus ímpetos e procurar estudar um pouco mais para poder falar sobre política. Esse conselho te evitaria expressar o nome de Deus em vão e parar de macular a imagem dos cristãos ou adeptos de outros credos, de filosofia altruísta.

Basta de contribuir para a escravização da nação! Os direitos trabalhistas já foram retirados e vocês nem perceberam!

Chega de aborrecer com suas paixões autodestrutivas, pois a maioria de vocês é pobre, trabalhadora, e agora, sem direitos!

Quer ser analfabeto político, que continue sendo! Mas o faça sem usar o nome de Deus, nem de Jesus, Amém!

Deixe uma resposta