Na terra do fascismo plante Amor

Belíssimo é o Amor, que em qualquer tempo e lugar promove vida! Nada mais poderia desejar do que um mundo de Amor, para ser…

Belíssimo é o Amor, que em qualquer tempo e lugar promove vida!

Nada mais poderia desejar do que um mundo de Amor, para ser feliz e amar.

Amar quem corresponde, quem não entende, quem se desprende.

O tempo da dor também contém Amor.

 

Sem farsa, sem falsas declarações.

Conivência e conveniência,

pacotes de fingimento em benefício de alguém.

O tempo da verdade sempre vem.

 

Seus ódios lhe pertencem

mas contaminam as águas que dessedentam a todos nós.

A violência é seu troféu,

mas derrama o sangue que não é seu.

 

Aos odientos, desprezo!

Repúdio público e aberto.

Nos porões gemem os segredos

dos corações com destino incerto.

 

Apenas ao Amor curvamos em respeito

pela paz que na balbúrdia sabe preservar.

Pelo olhar sereno e circunspecto

de quem aceita a cruz por muito amar.

 

O ódio sempre perde,

mas muito tira da vida!

O Amor sempre vence

mas sua liberdade é maior que a terra.

Pelo Amor, vale viver um pouco mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *