Eleições 2018: o que sobrou para os espíritas?

Os últimos meses foram ricos em materiais de estudo, permitindo análises e como consequência deste empenho, posicionamentos. Como espírita, obviamente foquei nesta experiência de…

Os últimos meses foram ricos em materiais de estudo, permitindo análises e como consequência deste empenho, posicionamentos. Como espírita, obviamente foquei nesta experiência de religiosidade e as revelações que o momento trazia, embora também tenha dissertado sobre movimentos evangélicos e católicos.

Motivo? Busca de elo entre as concepções cristãs e os cristãos.

Pois foi impactante ver cristãos imitando armas dentro dos seus templos e declarando voto a uma personalidade de representação beligerante, com pregações neofascistas de perseguição e extermínio de minorias e absoluta intolerância ao contraditório.

Conheci os cristãos identificados com a tortura, acreditando que as vítimas são culpadas.

Vi de perto e por escrito a ignorância em temas humanitários, da parte de palestrantes espíritas famosos.

Li e reli seus palavrórios desenhados em série:” PT corrupto” (criador da corrupção brasileira, por certo – e quando for destituído o Brasil se tornará limpo e cheiroso), “quadrilha que acabou com o Brasil”, “erotização de crianças”, “ideologia de gênero”, “marxismo cultural”, em uma linha de repetição de frases de efeito espalhadas por whatsapp, que envergonharão os incautos que as repassaram para semelhantes, formando a maior rede de distribuição de notícias falsas com fins eleitoreiros que a história já registrou.

Tantos me agrediram verbalmente pelo simples fato de questionar as bases de suas adesões ao homem de pior teor discursivo que este século mostrou ao Brasil.

Boca plena de palavrões, frases desrespeitosas, desumanas e ameaças assumidas publicamente não foram motivos para deixar o cristão nem mesmo em alerta, quanto aos interesses deste homem no poder?

O cristão fechou os olhos para o incentivo da caça aos “viados”?

A desconstrução intencional da humanidade do “vermelho”?

E a caricatura da mulher “feminista”?

O cristão não viu a antecâmara da morte sendo montada para estes irmãos brasileiros?

E de repente, todos estavam especialistas em política, odiando Lula e o PT.

Espíritas exalando ódio! Pelas frases e pelas escolhas.

Eu vi, eu ouvi, e senti a vibração da frase daquela que antes me beijava e abraçava, porque me julgava “igual”, e ao perceber meus posicionamentos políticos humanitários me gritou: “víbora comunista”!

Sim, as eleições passaram. E tudo vai voltar ao normal. Não! Não vai voltar ao normal para os nossos irmãos homossexuais que estão com pavor do macho escroto que mata aos gritos de “Viva Bolsonaro”!

Não vai voltar ao normal para os intelectuais e ativistas humanitários, ecológicos; para os artistas que exibiram a opinião libertária e derramaram apoio aos menores, para as mães temerosas, dos milhares de petistas brasileiros, que se tornaram alvo para o tiro estimulado por Bolsonaro, o presidente da fraquejada brasileira!

E também não vai ser a mesma coisa para mim, que não consigo mais acreditar nas cúpulas de palestrantes espíritas, no dirigentes de casas, nos passistas, nos frequentadores, que elegeram a morte como solução para aquilo que os desagrada; e esse desagrado é humano, filho de alguém, amor de alguém, porque todos somos alguém no mundo!

Estou me libertando de crer no que machuca a sensibilidade de quem ama além dos padrões!

Ou o Movimento Espírita cresce, ou permanece no limbo, lambendo o ego dos famosos, e esquecendo que Jesus beijou os pés dos menores.

Estou me alforriando da necessidade de pertença, para pertencer ao necessário instante de viver para o amor. Entre meus irmãos banidos, ameaçados de prisão e exílio, eu vejo o Cristo. Porque as casas de poderes nunca aceitaram de fato seu amor libertário, e de todas as maneiras buscam enquadrá-lo.

Jesus não se importa em ser chamado de “travesti”, nem de caminhar com aqueles que transitam entre o corpo e a identidade, porque seu amor enxerga a luz que existe em cada vivente. Jesus nunca contratou advogados para defender seu túmulo, mas em nome dessa defesa milhares foram assassinados! Agora em nome de Jesus querem matar outra vez! E com a permissão dos cristãos!

Porque nunca pararam de crucificar Jesus? Porque não querem dividir, nem partilhar, nem ser iguais! Muito menos aprender que os últimos serão os primeiros, os humilhados serão exaltados e aquele que quiser ser o maior no Reino de Deus, seja aquele que serve!

Após as eleições não consigo mais seguir o rebanho que se diz cristão, e nem o catolicismo, o evangelismo ou o espiritismo, se tornaram referências de luz nestes dias de escuridão.

Que as páginas do amanhã nos esclareçam, hoje a fumaça cinzenta que cobre o Brasil cheira a enxofre e pólvora. E isso não pode ser o fim. Há de ter recomeço.

25 thoughts on “Eleições 2018: o que sobrou para os espíritas?

  1. Quem votou, apoiou, etc, no coiso e antes, bateu panelas, ofenderam a Presidenta Dilma, execraram o Lula e demonizaram o PT, podem ser espíritas, evangélicos, ortodoxos, umbandistas, muçulmanos, budistas, etc. Mas não são cristãos!
    E são cúmplices de tudo o que está havendo desde meados de 2013 do que, infelizmente, ainda acontecerá ao país e ao povo, principalmente contra a s ditas minorias. Deus os perdoe.

    1. Concordo com vc Rita. Somos responsáveis por tudo que acontece no planeta. Eles são cúmplices das atrocidades que seu candidato pode vir a fazer. Os que votaram nulo ou branco também são cúmplices. Fiquei com ódio por esses dias…muita raiva dessas pessoas. Mas, com o passar o tempo fui asserenando e me perguntando, se vai ser ruim, pq eu também terei que passar por isto? Onde a justiça Divina? Mas, a gente sabe que nada é por acaso. Então, tenhamos calma e confiemos. Nada acontece por caso. Se estamos juntos nessa, é pq fazemos parte do aprendizado.

  2. Ana Cláudia, parabéns! Eu gravei vídeos e redigi vários textos em minha página no Facebook reverberando exatamente tudo isso que você coloca em seu texto. Como assistir a palestras de espíritas que votaram em bolsonaro daqui por diante? Como? Como assistir a essas pessoas dizerem que “FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO”; a dissertarem acerca dos ensinos do Divino Rabi da Galileia “SEDE MISERICORDIOSOS”; “NÃO REPLICAIS O MAL COM O MAL”? Não vou terminar minha amizade com aqueles que tenho profundas ligações – mas NÃO ASSISTIREI MAIS SUAS PALESTRAS. Não vai ser mais igual; não voltará ao normal porque EU SEREI HIPÓCRITA SE ASSIM ME COMPORTAR. Estou palestrante espírita e ESTOU COM MINHA CONSCIÊNCIA LIMPA E TRANQUILA porque eu fui AUTÊNTICO, eu procurei ser o mais coerente com os postulados de minha DOUTRINA CONSOLADORA – LIBERTADORA – COMPASSIVA. Parabéns!

    1. Não entendo assim. O espiritismo como doutrina não existe por causa dessas pessoas. A doutrina em si não comunga com essas posições. A lei de Deus não comunga com a dos homens. Estamos julgando os homens não a doutrina. O homem pode ser palestrante de qualquer congregação. Ele declarou a questão política e não o que ele faz todos os dias ao sair do centro. Ele é um homem em evolução que vai errar ou acertar. Esse mundo é aprendizado e a doutrina está acima disso. Estamos correndo o risco de julgar essa ou aquela religião pois cada um tem o direito de votar como homem. A sua escolha só Deus julgará. Eu votei em Haddad. Numa palestra não falo nada pois respeito os outros e estou alívio para levar acalento e harmonia com minha falam Mas cada um segundo sua evolução. O espiritismo como querem em relação a isso deve seguir sua doutrina. Boa noite!

  3. Mais um texto excelente da Ana Claudia. Sim, vai ser muito complicado o relacionamento, nos centros espiritas, entre as pessoas que votaram no Bolsonaro e aquelas que votaram no Haddad daqui pra frente.

    Quem nao votou, ou anulou o voto, indiretamente apoiou a agenda do Bolsonaro, ao tambem recusar a agenda democratica e civilizada do outro candidato, mesmo que nao aceitassem as outras propostas associadas ao PT. Eles acreditaram que um Bolsonaro presidente e’ melhor e mais aceitavel que um petista, so’ nao tiveram a coragem de assumir isto explicitamente. Portanto, foi uma grande vitoria do antipetismo, particularmente entre os cristaos. O grande problema e’ a natureza claramente, incontestavelmente, consistentemente anti-crista, anti-fraterna, anti-solidaria, e flagrantemente discriminatoria e violenta do discurso bolsonarista.

    Muito grato, Ana Claudia, continue reportando sobre este importante assunto para nos espiritas.

    1. Prezada, Ana Claudia
      Tenha certeza que compartinho do seu sentimento de descrença ao “ser humano” que engrossa a fileira de cristãos, mas ainda não compreende o AMOR de Cristo; compreendo sinceramente o seu pesar em relação ao movimento espírita e também tenho vontade de chutar o balde, muitas vezes!
      Mas vamos lá….
      Espíritas Amai-vos, Espíritas instruí-vos…
      Amai vosso inimigo…
      Fora da caridade não há salvação….
      Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo…
      São ensinamentos difíceis de serem interiorizados, mas estamos a caminho, pode ter certeza…A porta estreita é ainda muito estreita e estamos tão arraigados a matéria que ainda somos muito “obesos” e não conseguimos ultrapassá-la!
      Pessoas como você são de vital importância na seara do Cristo, não desista, ao contrário, persista, entendendo as falhas de todos nós que, como diz nosso querido Divaldo, ainda estamos com os pés sujos do pântano.
      Caminhemos juntos, mesmo que tantas vezes dentro do nosso próprio lar sejamos a única voz que conclama o amor de Jesus!
      Agora, ainda mais, precisamos de força e união, para seguir adiante com o Cristo! É prova de cada um e ao mesmo tempo de todos nós!
      A Benevolência, Indulgencia e Perdão, como nos ensina o Mestre, são lições fáceis de se ouvir, mais muito difíceis de praticar!
      Vigilância e Oração sempre!
      Paciência e tolerância sempre!
      Sigamos sempre avante e unidos!
      E que Jesus nos abençoe e nos dê sabedoria nestes tempos nebulosos….
      Paz e Bem!

  4. Boa Noite Ana Cláudia. Primeiro….obrigada por existir! Tenho encontrado ressonância dos meus sentimentos e pensamentos em suas matérias, que alívio, pois posso até estar “obssediada”, mas não estou só. Desde 2014 venho fazendo as mesmas observações que vc aborda em seus textos. Minha interpretação das obras de muitos “escritores e palestrantes espíritas” tem ganhado uma nova ressignificaçao, ao ponto de não conseguir ouvir suas vozes mansas e melodiosas ou ler suas obras. Esse momento está sendo muito difícil, ha algum tempo tenho reduzido minhas atividades no movimento espírita, e agora estou sem conseguir retornar para o trabalho que tanto amo, como dialogadora das reuniões mediúnicas, onde lidamos com situaçoes e entidades que exigem muito amor, compreensão, fraternidade e etc. Como os principais médiuns do nosso grupo estão revestidos pelos conceitos e sentimentos bolsonaristas, eu não estou conseguindo lidar com isso. Será se as dores, sofrimentos e injustiças dos irmãos desencarnados que recebemos não encontra “eco” nesses médiuns? Minha amiga é muito difícil….quantas histórias de escravos, de presos nos porões da ditadura, de vitimas da fome nas secas nordestinas, das prostitutas e viciados, de vinganças seculares que precisam de acolhimento com todo amor dos nossos corações! Será se essas dores não reverbera no ser desses médiuns? Sem falar do deboche e da chacota que muitas entidades fazem da situação!!! Meus Deus, como está dificil!!! Que o Mestre Jesus nos ampare e oriente!

  5. Oi Ana Claudia. Também sou espírita e observei esse odium atravessando nossas tribunas e mídias faladas e escritas. Percebi também a exclusão, até lista de “espíritas de
    Esquerda” e nos denominando “falsos espíritas “!
    Mas o pior mesmo foi o uso eleitoral do nome de Chico Xavier.
    Enfim…

  6. O que dizer…o ódio venceu. Assim tem sido no passar dos séculos. Os “cidadãos de bem” escolheram Barrabás não? Pelo menos agora a gente entendeu, lição na carne, como foi que milhares de alemães permitiram que Hitler fizesse tudo o que fez e vimos que ele não é sozinho um “espírito endividado” muitos não se importaram, nem em saber as fake news da época eram verdade. Muitos estão endividados com ele e os que lacraram “17” na urna também, tudo o que vier a ocorrer, inclusive aos seus familiares, amigos e “confrades”, tem relação com sua escolha. Mas tudo bem, espíritas bolsonarisastas não sabem o que lhes espera, também ódio e preconceito, pois esses evangélicos aliados dele são o pior legado dos pentecostais, a ala da “teologia da prosperidade”, a ala que acha que “espiritismo é bruxaria”…mas me consola saber que da pesquisa eleitoral entre os Espíritas, estava meio a meio tecnicamente, ou seja, não foram a grande maioria que aderiu à “coisificação”, mesmo sendo a maioria entre as diretorias e os palestrantes, isso indica uma sabedoria que deixa com esperança.

    1. Me desculpe, mas no segundo turno,
      tínhamos 2 programas de governo e uma escolha justa. Na minha opinião, abster-se nesse momento era declarar voto no candidato do ódio. Foram os votos dos indecisos, nulos e brancos que o elegeram. Foram mais de 30 milhões de pessoas…

  7. Eu acredito no Espiritismo, pois é de origem divina!
    Discordo plenamente do que muito tem feito da Doutrina Espírita, um simulacro das religiões tradicionais. O movimento espírita precisa seriamente repensar suas posturas igrejeiras e voltar ao padrão de Kardec.
    Temos muito que caminhar ainda!!!

  8. Saiba, vc não está sozinha. Coragem e luta para nós para manter vivo em nossos corações o Cristo de amor, justiça e caridade!
    Aproveitando o ensejo, procure por Coletivo Espírita Anísio Spínola Teixeira, página no face e blog criado para as reflexões que devem permear a vida do espírita diante do mundo que não é e nem pode ser tratada com distância!
    Ps. Coloquei o link da página abaixo.
    Um beijo enorme em seu coracao!

  9. Me desculpe, mas no segundo turno,
    tínhamos 2 programas de governo e uma escolha justa. Na minha opinião, abster-se nesse momento era declarar voto no candidato do ódio. Foram os votos dos indecisos, nulos e brancos que o elegeram. Foram mais de 30 milhões de pessoas…

  10. Caros confrades, prezadas confreiras. Eu me encontro Espírita e também sou um militante de esquerda. Eu digo a meus amigos que chegará o dia em que faremos a política com Amor, sendo situação ou oposição, e eu estou me esforçando para mudar a minha atuação nesse sentido.
    Mas realmente é muito difícil, é dolorido vermos Espíritas optando pelo discurso odioso, preconceituoso e discriminados. Lamentável essa situação em vermos ate o próprio Divaldo criticar a Dilma e PT, acusando-os de comunistas na tribuna. Em nome do movimenro Espirita….realmente eu não sei. Mas não os julgo e nem os condeno, deixo isso para a justiça brasileira, ou deixo isso para o juizo final de suas próprias consciências. Lamentável, realmente lamentável a suas a das máscaras. Estou decepcionado e muito, mas me esforço para compreende-los e perdoa-los porque essas promessas de perseguiçoes as pessoas e afronta a democracia fere os meus princípios e estão causando medo e sofrimento as pessoas que resistem a truculência e animalidade.
    Deus nos proteja e abençoe a nossa nação!
    Jesus ainda está no comando dessa embarcação. Necessário é e será os escândalos, mas aí daqueles que os provocar!

  11. Confrades e confreiras, o mais dolorido e mais dificil para mim foi compreender e perdoar o Divaldo criticando a Dilma e o PT, taxando-os de comunistas e elogiando e elevando o Juiz Sergio. Difícil para mim ver o maior icone da doutrina Espirita defendendo o lado do Algoz, mesmo que o Lula seja o responsável por toda a corrupção do planeta…
    Jesus no comando!

  12. Prezados, sou simpatizante do espiritismo. Infelizmente não consigo digerir os que votaram no candidato da exrema direita. Não entendo a postura cristã desses cidadãos. Além do Sr Divaldo não conheço outro palestrante que foi eleitor do Bolsonaro, se eu souber, jamais assistirei palestra desse expositor. Não consigo ser hipócrita.

  13. Um tanto tendencioso teu texto, visando que enxerga apenas alguns e esquece de todos os outro que sofrem junto das “minorias”… Todo esse terror que prevê colocando tua verdade como absoluta não existia no nosso país até o presente momento não é mesmo? O problema da sociedade é que é difícil para as pessoas entenderem que o que temos em comum é a espécie: humana. De resto todos somos diferentes, individuos dotados de características únicas… Generalizar é no mínimo leviano. Não há o pq defender minorias, e sim buscar IGUALDADE. Não deves ser tão radical e desacreditar de algo ou alguém a quem nem deste a chance de atuar, isso é injusto. As pessoas estão em constante evolução… Tu como bom espírita sabe, não?!

  14. Sou uma pessoa muito leiga apesar dos anos que estou no espiritismo. Kardec não deixou partidos políticos para seguirmos. Deixou a.lei do Amor. E precisamos é usar a prece pra todos políticos ,pra fazerem o melhor por todos irmãos daqui da terra. Humildade e Simplicidade acima de tudo. Quem somos nós pra condenar alguém?

  15. Boa tarde Ana Claudia
    Li seu texto e sei o quanto é difícil para você este momento, e está sendo para milhões de pessoas, sofri muito estes dias, antes, durante e depois das Eleições, fui por muitos anos palestrante na Casa Espírita e enquanto fui pregava este amor maravilhoso que Jesus nos ensinou, porque desconheço outro verbo em minha vida que não seja o AMOR, são quatro letras e uma pequena palavra, que dentro dela está subscrito vários outros valores do Espírito e como estamos em evolução é necessário que os sepulcros caiados desfigurem suas faces perante o Deus de Amor para nos fortalecer e termos a certeza que com muito sacrifício estamos subindo um tortuoso degrau perante a Fé Raciocinada, quem estuda o Evangelho com a alma e absorve os ensinamentos com certeza procura praticar sempre e não podemos esquecer que nessa caminhada vamos encontrar Falsos Profetas que tem o poder do Magnetismo ao falar dos ensinamentos do Mestre Jesus com tanto ardor que nos encanta e nos cega, por conta disso que Allan Kardec deixou bem claro que nossa Fé tem que ser Raciocinada para não sermos cegos conduzindo cegos, aqui onde moro também vivi isso e no primeiro momento fiquei chocada de ver pessoas que admirava pelo postulado espírita sendo defensora deste senhor e principalmente apoiando tudo o que ele falava, uns ainda dizendo que ele é o Messias, o Salvador da Pátria, mas isso é o de menos, o que fiquei realmente chocada foi ver na minha página do Face a avalanche de Fake News contra um Homem como o Professor Haddad, que deixou um legado só de coisas boas na Educação, fora que tem uma Família linda que não merecia passar por isso, por esse ódio, o ultimo Fake foi que ele tinha estuprado um criança, isso foi monstruoso demais para ele e sua Família, e todos foram postados por Cristãos, Evangelicos e Espíritas que estavam apoiadores das ideias de Bolsonaro, escrevi um texto na minha página em um desses Fake, que talvez Deus permitisse que ele ganhasse para aprendermos na carne o que é a Ditadura, porque não temos noção do que seja, já ouvimos falar, assistimos filmes e ouvimos relatos de quem experenciou, mas não vivemos isso e talvez seja necessário vivermos para aprendermos de fato todo esse processo desumano para expugarmos tudo de ruim que ainda resta no ser Humano, porque o ódio vem de nós, somos nós que disseminamos ele no nosso dia a dia, e ele soube despertar isso que ESTAVA OCULTO em cada um apoiador de suas ideias, e não fiquei surpresa em ver que entre os Espíritas também teve apoiador dessas brabaries que estavam acontecendo com nosso povo, fiquei foi muito triste de observar que eles estudam e não absorvem o Deus de amor, a Doutrina Espírita é Luz para quem enxerga a Luz, mas, ao mesmo tempo é Consciência para aqueles que usam a palavra oca sem o verbo amar, porque sabem que são donos do seu Livre Arbítrio e não serão julgados por quem conhece a palavra, porque a sua própria consciência o acusará aonde estiver, portanto vamos continuar estudando e reaprendendo diante deste novo cenário, e oremos para que Deus possa nos fortalecer e continuar levando o que temos de melhor que é o Amor presente nos dado pelo Mestre dos Mestres o nosso Senhor Jesus Cristo.
    Muita Paz!

  16. Muito bom o texto más eu acedito muito na misericórdia divina, e tenho a convicção que deus é brasileiro e não vai permitir que um povo já tão sofrido e acometidos de injustiça praticadas por meia duzia de egossentricos, venha passar por estas atrocidades anunciadas. DEUS acima de todos e dele também.

  17. Nada do que nós ocorre foge do olhar do Pai, pois existe equilíbrio universal e somos a periferia em relação a evolução espiritual.
    Não existe sofrimento, e sim causa e efeito, ou seja, aprendizagem. Passamos por aquilo que nossa alma necessita para burilar-se.
    Numa visão mais simplista encarnatória, a sociedade não é feita apenas por um homem, mas por uma cadeia de ações sociais, morais e intelectuais podendo culminar para o bem ou para o mal, por exemplo, na corrupção. Na qual é o resultado de uma avalanche de sucessivas escolhas primitivas espiritualmente baseadas no egoísmo, ganância e vaidade. Com isso o que nós ocorre é resultado de nossas “faltas” e se estamos aqui encarnados é por um motivo. Não é o acaso e não somos vítimas.
    Estamos num processo evolutivo de transição dum planeta de prova e expiação para regeneração. Grandes catástrofes, mudanças sociais, cataclismos já ocorre e irá ocorrer. E se estamos aqui, é que se faz necessário.
    Não existe dois lados separados, mas a conjunção do dito maldade e bondade num único ser. Ainda intitulamos maldade ou bondade por serem classificações simplórias para designar o estágio evolutivo do espírito encarnado no planeta Terra.
    O desespero do encarnado foge do esclarecimento espiritual.
    Olhe pelos olhos do espírito e não pelos olhos da alma.
    Existe livre arbítrio? Sim. Somos responsáveis pelo que nos acontece e irá ocorrer? Sim. Por isso estamos aqui.
    Há de convir que exista administração Celestial. Caso contrário, o Universo seria o caos como nosso íntimo presente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *