É sábio desfazer amizade por causa de política

Chegou o momento de te dizer que separar nossos destinos por razões políticas não é bobagem. Agora estou segura para enumerar as diferenças que…

Chegou o momento de te dizer que separar nossos destinos por razões políticas não é bobagem. Agora estou segura para enumerar as diferenças que as posições políticas podem gerar entre as pessoas, inviabilizando algumas formas de relações e desconectando outras tantas.

Política não é algo separado da vida, pelo contrário, é uma energia de vida ou morte, pois é definidora das situações materiais e muitas outras subjetivas, também passam pelo forte crivo dela.

Ex-amigo, ontem nós fomos crianças e brincamos juntos, nossos gostos se pareciam muito, e corremos pela mesma praça brincando de pega-pega, subindo nas árvores, pulando do coreto, colhemos sementes e até entramos no tanque dos jacarés que havia por lá, pois naquela época possuíamos a inocência infantil.

Na juventude as coisas já mudaram, pois nossas famílias apoiavam candidatos diferentes e durante todo o período eleitoral seguiam a normalidade de se tornarem inimigas e combatentes. Quem tivesse o candidato vencedor seria privilegiado por um período, com acessos a festividades e algumas benesses bobas, mas ainda assim, distintivas. Enquanto os apoiadores da chapa vencida seriam perseguidos, desempregados, afastados de cargos, trocados de locais de trabalho, isolados socialmente, e mesmo quando se voltava humilhado para os lados do prefeito nunca mais seria aceito como antes, estaria marcado com o selo da traição.

Acaso isso é política ou não? Estas vidas perseguidas são reais ou fictícias? As histórias oprimidas, ou mesmo as elevadas, conseguem ser separadas da política?

Por que essa mania de separar política e vida?

Hoje, caro ex-amigo, nos encontramos adultos, na soleira de projetos diferenciados de sociedade, e o projeto que você defende, me mata, mata meus amigos e amores!

Eu ando com homossexuais, mulheres, negros, feministas, comunistas e sou esquerdista! E junto com as propostas do seu candidato, você quer me matar, desconsidera meus direitos, e ameaça meu corpo, o corpo da minha filha e da minha neta, porque não repudia o estupro e até o incentiva, na pessoa do seu político. Como podemos fingir que isso não existe?

Olha ex-amigo, não sinto sua falta, porque tem um quê de desumanidade no seu discurso, que também quer destruir os Direitos Humanos, e eu sou humanista.

Portanto, siga seu caminho rumo à igreja, pisando por sobre as cabeças dos caídos, que sigo o meu oferecendo as mãos sempre que possível, porque o projeto que defendo tem respeito aos Direitos Civis e Humanos, e em momentos de ódio, se fortalece em círculos de solidariedade; embora eu te feche os punhos agora, para que não cortes os meus dedos.

Política une, política separa. Os projetos de sociedade definem os rumos. Pela democracia, pela liberdade, caminho com outros e outras, defendendo e sendo defendida, na política do bem comum.

One thought on “É sábio desfazer amizade por causa de política

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *