Deixei de comer em um restaurante por causa de Bolsonaro

Este texto pode parecer frivolidade, mas não é. Pode ser entendido como rancor, mas também não é. Diria na defesa do texto que ainda…

Este texto pode parecer frivolidade, mas não é. Pode ser entendido como rancor, mas também não é. Diria na defesa do texto que ainda estou escrevendo, que ele é uma das provas do que o conhecimento faz com a vida real, quando vamos descortinando informações e permitindo que os raios da razão invadam nossas janelas interiores, refratando claridades exteriores.

É assim mesmo, e estou me respeitando!

Costumava comer em um restaurante simples, onde gente também simples cozinha e vende alimentos deliciosos! Antes de eu saber em quem aquela família votaria, assim pensava.

E agora não consigo sequer entrar no local, e muito menos me imaginar comendo lá.

Fiquei com raiva das pessoas por elas terem votado em Bolsonaro? Não.  É muito mais sutil!

Eu já empreguei horas da minha vida estudando sobre energia e a influência delas em tudo o que fazemos, inclusive comida.

Alguém que se afina com as violências de Bolsonaro, pensando que bandido bom é bandido morto; mulher vale menos por ser mulher; desrespeitando vidas, histórias e sonhos de milhares de brasileiros, perseguindo homossexuais, negros, índios e trabalhadores em geral…não pode lidar com energias salutares, muito menos transmitir estas energias.

O teor energético descarregado no alimento será ingerido também por quem o come.

Gente do céu, se isso for bobagem, eu sou uma mulher muito boba, mas estou me respeitando! Não como mais lá! Prefiro comer em casa, caprichar nas saladinhas e abusar dos sucos de frutas temporãs!

Meu corpo é um território vibracional que percebo com mais cuidado, a medida que a idade avança e ele me comunica modificações.

É com ele que toco na terra e me deixo banhar nas águas. Meu corpo é a minha morada, e nesta casa sagrada a energia vital vem dos sentimentos bons, elementos  que não identifico em quem se afina com Bolsonaro.

Se precisamos comer para viver, resolvi não comer qualquer coisa para não ter qualquer vida! Quero viver bem.

 

 

2 thoughts on “Deixei de comer em um restaurante por causa de Bolsonaro

  1. Sempre ia a um rrstaurante muito gostoso.O dono muito simpático. Soibe por uma amiga que trabalha lá que ele, aos gritos, ameaçou os funcionários para que votassem no Inominável..Nunca mais fui. Quanto às energias, está certíssima. Por isso acho os programas Master Chef um show de horrores. Como podem fazer uma comida boa com energias tão negativas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *